Buscar

Um guia às ondas do feminismo

O feminismo é um movimento que visa a emancipação das mulheres dos ideais patriarcais, procurando, como finalidade, a igualdade dos gêneros. Após seu surgimento no século XIX, o feminismo foi e continua sendo efetivado na sociedade por meio de quatro ondas ideológicas, com propósitos e finalidades diferentes.



A primeira onda do feminismo ocorreu entre o fim do século XIX e o início do seguinte, principalmente, por meio do movimento sufragista, que procurava dar às mulheres o direito ao voto. A luta foi inspirada pelo envolvimento das mulheres na Revolução Francesa, o Movimento da Temperança e o Movimento Abolicionista. O movimento, no entanto, exclui e discrimina principalmente contra as mulheres negras, sendo portanto dominado majoritariamente pelas mulheres brancas. Assim, as mulheres brancas conquistaram o voto em 1920, enquanto as negras somente 45 anos depois.


A segunda onda focou nos direitos trabalhistas das mulheres, pois ocorreu logo depois da Segunda Guerra Mundial, em que várias delas se encarregaram dos antigos empregos de seus maridos. Logo, procurou a igualdade de salários, liberdade sexual, direitos reprodutivos (como diversos métodos anticoncepcionais e o aborto) e proteção contra a violência doméstica. Porém, essa onda foi dominada novamente por mulheres brancas de classe média/alta, assim não dando consideração às de outros grupos.


A terceira onda começou levar em conta a interseccionalidade, lutando também contra os ideais patriarcais e até a própria feminilidade. Finalmente, as mulheres de diversas raças e classes sociais passaram a participar da luta feminista. Porém, a terceira onda foi de completa oposição às expectativas a