Buscar

Terça Livre bloqueado do YouTube

No dia em que esse texto é escrito, o canal bolsonarista Terça Livre é banido do Youtube.



Terça Livre é um canal no YouTube, que já chegou a 1,1 milhão de inscritos e 191 milhões de visualizações (acumulado),que contém um viés claramente conservador e com maior apoio do atual presidenteJair Bolsonaro, além disso, declarou apoio ao ex-presidente estadunidense, Donald Trump. Conhecido principalmente pelas lives de terça feira, o canal várias vezes é um centro de fake-news e incentivou várias aglomerações no período de Pandemia, com a mesma visão do atual presidente sobre o assunto. A conta foi bloqueada por “violações dos Termos de Serviço”.


Liderando o canal está o jornalista Allan dos Santos, que é constantemente alvo de investigações no inquérito das fake news, no Supremo Tribunal Federal (o qual ele tanto critica). Além disso, é um dos blogueiros que recebeuverbas estatais. Dados da Secretaria Municipal de Comunicação da Presidência mostram que entre janeiro de 2017 (antes do governo Bolsonaro) e julho de 2019, mais de 28 mil anúncios da Petrobrás e Eletrobrás foram veiculados em seu canal do Youtube (G1). Além do mais, a Presidência da República contratou, sem licitação, uma empresa cujo dono afirmou ser sócio oculto do canal Terça Livre. Esse contrato foi publicado no Diário Oficial da União, o qual prevê o pagamento de 360 mil reais a essa empresapor "serviços técnicos de manutenção da plataforma Pátria Voluntária".


No final do ano passado, uma conta de Twitter chamada Sleeping Giants ganhou muita força no Brasil. Essa contapre