Buscar

Ronaldo, fenômeno que não pode ser explicado

Atualizado: 23 de jun. de 2021



Ronaldo Luís Nazário de Lima, nosso R9, foi um brilhante futebolista, atacante da seleção brasileira e de grandes clubes ao redor do mundo.


Um jogador completo, com todas as características de artilheiro; rápido, forte, ágil, habilidoso e decisivo. No entanto, acima de tudo, um jogador grande, não de forma física, mas como definição do atleta, jogador que resolve grandes jogos, não apenas de jogadas geniais, mas de jogadas grandiosas e decisivas. Ele era a referência de um time que busca esperanças em situações desconfortáveis, e tem a sorte de ter um jogador grande como esse ao seu lado em quem confiar. Atletas que possuem esse perfil como Romário, Cristiano Ronaldo, tem se tornado cada vez menos ocorrentes, não são todos que são capazes de colocar a bola em baixo do braço e chamar a responsabilidade.


https://www.youtube.com/watch?v=Gr4GbOhumLU


Ronaldo possuía um estilo objetivo, carregado de futebol, arte e brasilidade, tinha intimidade e recurso. Com números impressionantes, seja na seleção em que venceu a Copa do Mundo de 2002, marcando dois gols na final e se provando um jogador grande apesar da pressão, das lesões e das circunstâncias, na Europa marcou época sendo três vezes eleito o melhor jogador do mundo, e até mesmo no seu retorno icônico ao Brasil pelo Corinthians, no qual apesar de estar acima do peso, provou ser um jogador de outra categoria, anotando golaços e conquistando a Copa do Brasil.