Buscar

Princesa Diana: Princesa do povo

Acompanhando a evolução do Mundo em que vivemos, aprendemos também sobre os grandes nomes que nele se desenvolveram. Mesmo que hoje a esperança na humanidade seja mínima, vemos que nem tudo está perdido quando grandes pessoas mostram que podem e vão deixar sua marca enquanto vivos e mesmo depois de mortos, continuarão a ser lembrados pelo seu legado. São milhares de pessoas que mostram e dão um sopro de esperança na humanidade, uma das pessoas que se destacou durante o século XX foi a conhecida Princesa Diana.


A princesa de Gales era mais do que uma celebridade e um rosto bonito, ela era tudo aquilo que não se esperava uma princesa ser, ela era e amava estar com o povo. Diana sempre teve facilidade ao conectar-se com todos, não foi difícil para ela ganhar o amor de toda uma população. Mas, antes de trazermos a história Real de Lady Di, temos que primeiramente contar aquilo que muitos não sabem: quem foi Princesa Diana antes de seu título de realeza?

Diana nasceu em uma pequena aldeia da Inglaterra no dia 1 de julho de 1961, era filha de Edward John Spencer e de Frances Ruth Burke. Aos 8 anos seus pais se divorciaram e a custódia ficou com seu pai.


Diana veio de família já tendo título de poder aristocrata, e após a morte de seu avô, no ano de 1975, ela e seus irmão receberam os títulos de Lady e Visconde e seu pai tornou-se o oitavo Conde Spencer. Por ter nascido em uma família de status, ela e sua família era constantemente chamada a participar de festividades reais, ou seja, Diana cresceu rondada pela família real.


Diana casou-se com o Príncipe Charles no ano de 1981 em uma cerimônia que reuniu mais de três mil convidados. O casamento dos dois foi conhecido por ser um tanto quanto conturbado, tendo sempre seus altos e baixos. Mesmo não tendo o melhor casamento, os dois ainda tiveram dois filhos juntos: William e Harry. Isso não foi suficiente para manter o casamento vivo, e os dois vieram a se divorciar no ano de 1992 e oficializado apenas em 1996, em um divórcio com várias tribulações.


Além de ser conhecida por ser extremamente querida pelo povo, a Princesa Diana também foi conhecida por quebrar protocolos reais que foram seguidos por séculos. O fato de ser extremamente próxima de seus filhos, já era uma forma diferente que antigas princesas tiveram no processo de maternidade. E mais do que apenas criar e educar seus próprios filhos, Diana também recusou receber seus votos de casamento escritos pela família Real, onde dizia que ela deveria obedecer seu então marido, Príncipe Charles. As atitudes consideradas rebeldes para uma princesa, irritavam a corte e membros da família, que foram acostumados a seguir durante toda sua vida os protocolos que eram lhes passado.


A época que Diana tornou-se querida pelo público, foi justamente quando se mostrou diferente de todas as outras