Buscar

Primeira ação militar de Biden

Primeiro ataque militar de Joe Biden, presidente dos Estados Unidos da América, deixa pelo menos 17 mortos na Síria. “Não podemos agir com impunidade”, em aviso ao Irã.


Foto: DELIL SOULEIMAN / AFP


Segundo o Pentágono, no dia 25 de fevereiro de 2021, ocorreu um ataque aéreo no leste da Síria contra milícias apoiadoras do Irã. Segundo forças armadas dos EUA, a ação de Biden seria uma “resposta” a um ataque com míssil realizado no Iraque, a quilômetros de distância.


Os ataques destruíram três caminhões cheios de munições, que vieram do Iraque para a cidade de Abu Kamal, na Síria. Para poder explicar melhor, o porta-voz do Pentágono, John Kirby, informou: “Esta resposta militar foi conduzida junto com medidas diplomáticas, incluindo consultas com parceiros da coalizão”.

Obs: A região atacada opera milícias xiitas.


Foto: G1


São evidentes tamanhos conflitos “EUA x ORIENTE MÉDIO”. De acordo com a BBC News Brasil, as “intervenções” em determinados países do Oriente Médio não iriam se modificar tanto. “Joe Biden tentará reconectar a política dos EUA para o Oriente Médio de volta como deixou o presidente Barack Obama”, afirmou o jornal.