Buscar

Pandemia, Desemprego e Cinema

Diante da elevada onda de desemprego no brasil e no mundo por conta do COVID-19, a Netflix apresenta soluções que salvarão diversos projetos cinematográficos.




Podemos definir “desemprego” de diversas maneiras, mas nenhuma delas dará o real significado da angústia de estar sem ocupação profissional. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), não só pessoas que não possuem empregos formais é que são consideradas desempregadas, mas também as pessoas a cima de 14 anos que não estão trabalhando, mas estão à procura de algum trabalho, são vistas como desempregados. Podemos definir desemprego, também, como algo que afeta em grande quantidade a população economicamente ativa, que, ao não conseguir empregos formais, passam a trabalhar em subempregos, como em camelôs e sendo catadores de papéis. Nesses casos, as pessoas passam a participar da população economicamente inativa.

Dizer que a pandemia aumentou drasticamente os números de desemprego não é novidade para ninguém, pois centenas de milhares de trabalhadores nos mais diversos setores, mas, principalmente, no setor audiovisual, perderam seus empregos. Entre os meses de maio e junho, ou seja, no começo da quarentena, aumentou cerca de 2,6 milhões o número de desempregados, em apenas sete semanas. Com isso, o nível de ocupação no país ficou com 48,5% (queda de quase 2% em apenas uma semana) que, por sinal, é o número mais baixo da história durante a pandemia. Porém, a taxa no mês de outubro passou para 14,4% - que representa a maior taxa de desemprego desde o governo da presidente Dilma Rousseff, em 2012. O IBGE também destacou que, de todos os ocupados, 12,4% dos trabalhadores não afastados operam por home office, ou seja, apenas 36,1% do total de trabalhadores antes da pandemia trabalham presencialmente em suas empresas nos dias de hoje.

O tipo de desemprego que estamos enfrentando atualmente é chamado de Desemprego Conjuntural e ocorre por um conjunto de problemas como crises, pandemias, desastres naturais, e entre outras coisas. Dentre todos os tipos de desemprego, esse pode ser considerado como o mais fácil de ser revertido, pois são mudanças passageiras e que se pode, facilmente, contratar de novo aqueles mesmos que foram demitidos assim que tudo se normaliza.

Já no mundo do cinema, isso não é diferente. Os empregos são totalmente ligados a novos projetos, isto é, para um filme ser perfeito e alcançar a expectativa do diretor, é necessário ter contato com os produtores, diretores e atores antes mesmo de iniciar a gravação para, assim, poder organizar como, quando e onde as filmagens serão administradas. Portanto, é extremamente importante contar com a presença de todo o elenco para finalizar apenas a primeira parte da produção. Na pré-produção do filme o diretor recebe o roteiro e, junto com o assistente passam a decupar – isto é, dividir cenas do roteiro e transformar em planos do filme - o roteiro e ver como o filme ficará esteticamente e, a partir desse ponto, a pré-produção começa a trabalhar no processo de escolha de elenco e equipe, do aluguel de equipamento e de estúdio, da aprovação de locações e solicitações de apoio. É necessário fazer tudo isso para, somente após isso, começarem as gravações. Por causa de cancelamentos, adiamentos e também do próprio distanciamento social, estúdios deixam de ganhar dinheiro por conta de nenhum projeto ser feito e também por não ter poucos ou até nenhum telespectador disposto a assistir ao filme por medo de todos os acontecimentos relacionados ao vírus. Há uma estimativa de que 120 mil pessoas deste ramo, no mínimo, estejam desempregadas e sem grandes chances de retomar as gravações até o final da pandemia. Segundo International Cinematographers Guild (IATSE), em um pronunciamento, é fundamental que a indústria cinematográfica seja incluída no pacote de ajuda federal e que, como a pandemia continuará por meses, é muito importante garantir a segurança e saúde para todos.

No meio de uma pandemia, os serviços de streaming de filmes são a única escolha de onde podemos assistir lançamentos e, por esse motivo, essas pla