Buscar

O sonho olímpico


Artista: José Eduardo Pereira Marques


As Olimpíadas são um evento esportivo de imensa magnitude. Por meio de gigantescos estádios pensados exclusivamente para a realização de um evento, sonhos são criados e realizados a cada 4 anos. A felicidade, tristeza e a competitividade humana sendo retratadas da sua maneira mais pura - representando sua nação e sua família diante do mundo todo.


Porém, do outro lado dos holofotes estão os espectadores - esses sim possuem o sonho olímpico. No Brasil, seja na periferia ou no bairro mais nobre, as chances são altas de que tenha alguém ligado no maior evento esportivo da humanidade. Torcendo pela sua nação, ou por seus parentes, as pessoas perdem horas em frente de sua televisão. Nos bairros mais pobres, além do apelo a torcer pelo país, a atração também é outra: o reconhecimento de pessoas que vieram de situações semelhantes e que conseguiram o sucesso na vida.


Uma das únicas maneiras de ascensão social no Brasil para as camadas mais desfavorecidas é por meio do esporte. Talvez seja de onde advém tantos talentos que podem ser vistos nas Olímpiadas. Mesmo com o investimento no esporte sendo tão baixo, o país está sempre no pódio dos campeonatos. Uma das razões para isso é o consentimento - mesmo que involuntário - que essa é a única oportunidade para mudar-se para uma vida melhor.


É fato que o Brasil não dá chances para os mais pobres melhorarem de vida. E com o atual governo, isso tem a tendência de permanecer igual. Então, é interessante pensar que, conforme os sonhos são realizados em Tokyo, outros são criados.