Buscar

O legado de Mao Tse-tung para China

Atualmentea China é conhecida como a “grande fábrica do mundo”, porque é a maior potência industrial e apresenta a segunda maior economia global – ficando atrás apenas dos EUA. Surpreendentemente, o país alcançou essa posição muito depressa, tendo em menos de 70 anos aumentado seu PIB (produto interno bruto) em 452.6 vezes. A grande questão é: como a nação chinesa atingiu tamanho protagonismo mundial em tão pouco tempo?


Ao contrário do que muitos pensam, o crescimento chinês data para muito antes das reformas no mercado feitas por Deng Xiaoping. Primeiramente, precisamos nos lembrar que a China foi durante séculos vítima do imperialismo europeu e da dominação estrangeira, o que atrasou em muito seu desenvolvimento. Além disso, a sociedade chinesa era extremamente segregada em classes sociais durante o período imperial, fator que intensificava as desigualdades dentro do país. Nesse contexto, em que já crescia na população chinesa um sentimento nacionalista, o país foi invadido pelo Japão, provocando uma guerra que durou anos, na qual a China saiu derrotada. Essa guerra tevepor consequência o aumento da rejeição popular sobre o governo imperial e simultaneamente, a aprovação de Mao Tsé-Tung – fundador do Partido Comunista Chinês. Isso porque, ao aliar-se ao Partido Nacionalista (Kuomitang) e a outras grandes potências mundiais, a guerrilha de Mao conseguiu deter os japoneses e fazer com que os mesmos rendessem-se. Por esse motivo, Mao começou a ser encarado por muitos chineses como o “herói nacional”, tendo libertado a China e trazido para a população a esperança do progresso que há tanto tempo havia se perdido. Após este marcante acontecimento, o Partido Comunista Chinês (liderado por Mao) passou a lutar contra os membros do Kuomitang e seus ideais na Guerra Civil Chinesa. O fim dessa guerra teve como resultado a vitória dos comunistas e a ascensão de Mao ao poder. A partir de então, foram colocados em prática muitos de seus ideais (que ficaram posteriormente conhecidos como Maoísmo) em um movimento revolucionário, apoiado majoritariamente pela população camponesa. Mao acreditava que “o exército do povo é invencível” e que com esse apoio poderia introduzir políticas econômicas que promovessem o desenvolvimento do país e a igualdade social.


Enquanto muitos de nós não reconhecem a importância deste líder para a China, a realidade é que seu legado possibilitou o expone