Buscar

Livros clássicos não são os únicos que devem ser lidos

Que devemos ler “Dom Casmurro” e “Pequeno Príncipe” já sabemos, mas por que não apostar em livros mais atuais como “Um de nós está mentindo” e “Mentirosos”?



A leitura é cada vez mais necessária em nossas vidas, porém, também é cada vez mais desvalorizada por algumas pessoas. Não importa se você leu 2 ou 24 livros em um ano, sempre os mais velhos vão perguntar se você leu algum livro de alguma escola literária famosa e, se sua resposta for não, vão ignorar os números e falar que, então, você só leu bobeira. De acordo com seus professores de literatura e seus avós, os únicos livros que você deve ler são os clássicos e de autores antigos, como Machado de Assis e George Orwell, e que todas as obras atuais são perda de tempo, no entanto, isso é uma das maiores bobeiras que você pode ouvir, pois você deveria ser livre para ler o que quiser e não só ler o que os outros querem que você leia. A verdade é que, às vezes, as pessoas irão debochar de livros que você leu por não serem literatura clássica, sendo que nem eles mesmos leram, algum dia na vida, um autor clássico, mas só os citam para te fazer sentir inferior a eles.


O mundo está sempre mudando, por isso você não deve se prender a apenas livros de uma época e de um certo autor, mas sim explorar cada vez mais o imenso mundo literário que sempre acompanha as mudanças do mundo e debate sobre assuntos importantes. Assim como em sua época, os escritores que lemos nas aulas hoje já foram motivos de chacota por não escreverem livros “com conteúdo" e, após a sua morte, viraram super famosos, talvez, autores como Colleen Hoover e Benjamin Alire Sáenz sejam estudados na aula de literatura da geração futura e o mundo irá ver que não foi em vão sua leitura.<