Buscar

¡Hasta siempre, comandante!

Em 14 de junho de 1928, nascia na cidade de Rosário, Argentina, um dos maiores nomes da história dos revolucionários, grande símbolo das lutas anticapitalista e anticolonialista do século XX – Ernesto Rafael Guevara de la Serna, mais conhecido como “Che Guevara”. Ernesto é, por muitos, considerado um grande herói latino-americano e, por outros (que muito provavelmente não conhecem sua verdadeira história) cercado de falsas acusações.

Arquivo (END)


Guevara era o primeiro dos 5 filhos de Ernesto Guevara y Lynch e Celia de la Serna y Llosa, que tinham uma condição financeira confortável, sendo considerados parte da “classe média” argentina. Em 1930, quando Ernesto tinha apenas dois anos, sua família decidiu mudar-se para uma cidade nos arredores de Córdoba, na qual conheceu seu grande amigo Alberto Granado.


Anos depois, em 1946, os Guevara se mudaram para Buenos Aires, e, logo depois, Ernesto ingressou na faculdade de medicina. No seu quinto ano de curso, motivado por sua sede de aventura e sua paixão pela América Latina, decidiu partir em uma viagem de moto e percorrer, junto com Alberto Granado, 12,8 mil quilômetros do continente.


A rota dos viajantes se iniciaria em Buenos Aires. De lá, iriam para o Chile, passando pelas cidades de Santiago e Valparaíso, seguiriam seu percurso para o Peru, conhecendo, inclusive, o Machu Picchu; iriam, então, para a Colômbia, e teriam como seu destino final, ao extremo norte do continente, a Venezuela.