Buscar

FraCalcio

Uma equipe desafiada pelo rival e primeira bairrista a chegar à Serie A italiana, a Associazione Calcio Chievo Verona, popularmente conhecida apenas por Chievo Verona, tardou 70 anos desde sua fundação para alçar seu lugar no mundo, a primeira divisão da Itália, por onde ficou 16 anos somados a um rebaixamento e título inédito.


Durante os 92 anos de existência, a esquadra do bairro de Chievo, na cidade de Verona, viu de longe seu maior rival, Hellas Verona, conquistar a Itália ao levantar a taça da liga na temporada 1984/85 e repetir por diversas vezes que era mais fácil ver bois voando do que um duelo entre os rivais pela primeira divisão, fato que ocorreu em 2001 após os Gialloblu (alcunha) fazer história e disputá-la pela primeira vez, tomando para si o apelido de “bois voadores” em razão da provocação de seu arquirrival.


Na temporada 2005/06, após grandes clubes serem sentenciados pelo Calciopoli (escândalo da Serie A), se classificaram para as eliminatórias da Liga dos Campeões, sendo derrotados pelo Legia Varsóvia antes da fase de grupos.


Após 11 anos seguidos na elite, na temporada em que Cristiano Ronaldo estreou pela Juventus contra o próprio Chievo Verona, a equipe da região de Vêneto foi rebaixada com péssima campanha e última colocação, retornando a nada desejada a Serie B italiana. Com Giaccherini, atacante da seleção italiana, quase voltaram após permanecer na quinta colocação durante a época de 2019/20.


Giaccherini deixa o gramado após lesão que o retirou dos planos do Chievo -Francesco Pecoraro/Getty Images.