Buscar

Do amarelo para eternidade

Conheça a trajetória de Vincent Van Gogh, um dos maiores gênios da história da arte


O holandês Vincent Willem Van Gogh foi um dos artistas mais influentes da história da arte e suas obras são adoradas por milhares de pessoas de todo o planeta, mas você sabia que nem sempre foi assim? O artista morreu sem ser reconhecido pelo seu trabalho, que para maioria de seus contemporâneos era considerado “desagradável”. Nesta matéria nós contaremos sobre a trajetória desse gênioque veio ao mundo muito a frente do seu tempo.

Nascido em março de 1853, Van Gogh foi o primogênito do casal Anna Cornelia e Theodorus Van Gogh, seu pai era pastor da igreja protestante e a religião sempre esteve muito presente ao longo de sua vida. Aos 13 anos Van Gogh se mudou para Paris a fim de trabalhar na galeria de arte do seu tio, foi nessa galeria que ele teve seu primeiro contato com pinturas, sendo a maioria delas de paisagens holandesas. Durante os sete anos que viveu por lá, ele sempre foi muito contra a maneira na qual o mercado da arte funcionava e não passava pela sua cabeça a ideia de virar pintor.

Aos 24 anos mudou-se para Amsterdam com o intuito de virar pastor protestante, assim como o seu pai, mas ele não conseguiu passar em nenhum concurso público e mesmo assim foi nomeado pregador leigo, a qual era uma função que não exigia treinamento, porém, no ano seguinte seu cargo não se renovou. Então o artista se matriculou na escola de Belas Artesem Bruxelas na Bélgica, ele não se adaptou aos moldes de pintura clássica e abandonou o curso.

Após a morte de seu pai anos depois, Van Gogh entrou em profunda an