Buscar

Corinthians campeão da Libertadores de 2012

Em 2012 vimos uma incrível Libertadores, recheada de timaços como o Boca Juniors de Riquelme e o Santos de Neymar e Ganso, mas o campeão não foi nenhum dos favoritos.

O campeão acabou sendo o Corinthians que apesar de ter um time forte e um técnico na época em seu auge, mesmo sendo campeão nacional em 2011.


Sendo campeão brasileiro no ano anterior, com uma campanha impecável, o Corinthians caiu no grupo dos mexicanos do Cruz Azul, os uruguaios do Nacional do Uruguai e os Venezuelanos do Deportivo Táchira. Ficaram invictos dentro do grupo, se classificando em primeiro lugar com 14 pontos, somando quatro vitórias: 2-0 em cima do Nacional do Uruguai, 1-0 em cima do Cruz Azul, outra vitória em cima do Nacional do Uruguai por 3-1 e uma goleada em cima do Deportivo Tachira por 6-0, e dois empates: 1-1 contra o Deportivo Táchira e 0-0 contra o Cruz Azul. Nada fora da obrigação.


Nas oitavas de final pegaram os equatorianos do Emelec, numa partida de ida tensa em Guayaquil, acabaram empatando por 0-0, mas na partida de volta em São Paulo, o Corinthians ganhou por 3-0, com gols de Fábio Santos, Paulinho e Alex, finalmente quebrando a maldição do Corinthians de não passar das oitavas de final que durava desde 2000 quando foram eliminados nos pênaltis contra o Palmeiras, seu maior rival.


Nas quartas de final, enfrentaram o compatriota Vasco da Gama, que tinha sido o vice-campeão brasileiro no ano anterior, era promessa de jogaço! Em São Januário a bola não balançou o barbante, o grande destaque foi o goleiro Cássio se destacou por defesas incríveis em chances vascaínas. A partida de volta no Pacaembu foi a mais difícil para o Corinthians naquela Libertadores, marcada pela expulsão do técnico Tite, os corinthianos tiveram um jogo difícil pela frente, mas conseguiram superar o obstáculo com um gol de cabeçada de Paulinho nos minutos finais do jogo.


Assim o Corinthians partiu para as semifinais, onde enfrentou o Santos, de Neymar e CIA, que era o atual campeão do torneio e favorito ao título aquela altura. A partida de ida na Vila Belmiro ficou marcada pelo golaço de fora da área marcado por Emerson Sheik, que fez o único gol da partida de ida. O jogo de volta foi destacada pela grande partida de Neymar e do Jogador corintiano Danilo, ambos marcaram os gols das suas equipes, fazendo com que o Corinthians se classificasse no agregado por 2-1 (1-0 pro Corinthians na ida e empate por 1-1 na volta), se classificando para a final, contra o Boca Juniors.