Buscar

Como um único homem manipulou um país inteiro:


http://tobacco.stanford.edu/tobacco_web/images/tobacco_ads/doctors_smoking/20679_physicians/large/lucky_lady_blue_dress.jpg




Edward Bernays foi um pioneiro, austríaco-americano, na área da propaganda e é considerado o pai das relações públicas. Nesse texto explorarei como aqueles no poder usaram da psicologia para controlar o subconsciente e os sentimentos das massas como uma forma de controle.


Em 1917, quando os Estados Unidos entraram na Primeira Guerra Mundial, Bernays-que era graduado em jornalismo - foi contratado pelo Comitê de Informação Pública para essencialmente criar propagandas que incentivassem apoio doméstico e internacional da guerra. Ele acabou se destacando por seu trabalho, que foi feito com excelência; e rapidamente percebeu que “Eu decidi que se podia usar da propaganda para a guerra, você certamente pode usar para a paz”.