Buscar

Comentário sobre o artigo: O presente de uma ilusão

Atualizado: 5 de jan.



O artigo “O presente de uma ilusão” escrito por Rodrigo Nunes e publicado em março de 2021 tem como objetivo maior abordar sobre o negacionismo e a atual pandemia de Covid-19 que está desencadeando uma série de outras crises ao redor do mundo. Com o subtítulo do artigo sendo “Estamos em negação sobre o negacionismo?”, o autor nos coloca esta questão, que já nos mostra por alto o que iremos ler ao longo do texto, fazendo com que pensemos sobre o que seria negar aquilo que já estamos negando, isto é, negar o negacionismo.

O autor põe em evidência, logo de início, a decorrência de uma segunda crise que estamos vivendo em menos de 100 anos. Diferentemente da última crise em 2008 que deu início por conta de um colapso financeiro, a crise que estamos vivendo agora se deu por conta de um vírus letal, esse vírus se espalhou pelo mundo facilmente e nos mostrou como não temos o controle de nada, pois praticamente de um dia para o outro, nós dormimos e acordamos com a possibilidade de estarmos expostos a um vírus que ainda vem matando muitos. Diante desses acontecimentos, vemos que no começo da pandemia tiveram um certo número de pessoas que ficaram positivas e esperançosas para que saíssemos dessa crise global dando uma volta por cima, no entanto, se continuarmos dessa maneira será impossível vermos uma reação positiva depois dessa crise. Ao analisarmos essa linha de raciocínio, nós vemos que, de certa maneira, havia razões para que acreditássemos que o susto de milhares de mortes ocasionadas por um vírus poderia nos proporcionar um “choque de realidade” e, consequentemente, teríamos uma solução ou uma atitude diferente diante tudo. Não foi evitado por alguns o florescimento do sentimento de esperança e expectativa, contudo, se voltarmos realmente para a realidade fica no