Buscar

A vida e luta de Ângela Davis



Ângela Yvonne Davis é reconhecida como figura e símbolo da causa negra da década de 1960 nos Estados Unidos. A professora, escritora e ativista, nasceu em 1944 em Birmingham-quando a cidade ainda era segregada- no estado do Alabama.


Em sua juventude, Davis se destacou no colegial e conseguiu uma bolsa de estudos para cursar Literatura Francesa em Nova Iorque. Em 1960 foi para a Alemanha, e foi aluna de Theodor Adoro e Oscar Negt, ambos filósofos renomados da Escola de Frankfurt. E em 1963, estudou em Paris, onde foi aluna de Herbert Marcuse.



Quando voltou aos Estados Unidos, encontrou o povo negro sofrendo com a brutalidade policial, decidindo assim, se filiar ao Partido Comunista pois concluiu que: o capitalismo e a opressão eram indissociáveis. Com isso, se tornou também simpatizante do grupo político e social em ascensão de combate ao racismo, os Panteras Negras.


Notoriedade e prisão:


Os Panteras Negras surgiram como uma congregação que defendia a resistência armada contra a opressão da comunidade negra. Fundado em outubro de 1966, o grupo nasceu com o objetivo de patrulhar os bairros, de maioria negra, para proteger seus moradores contra a violência policial.